Fertiláqua e Spray Farm anunciam acordo de fusão em cana-de-açúcar

 O silício aumenta a produtividade da cana-de-açúcar - Crédito Miriam Lins

Cana-de-açúcar – Crédito Miriam Lins

A Fertiláqua, um dos maiores grupos de nutrição, fisiologia de plantas e revitalização de solo, e investida do fundo de investimentos Aqua Capital, e a Spray Farm, empresa especializada no segmento de cana-de-açúcar, anunciam um acordo de fusão das organizações no negócio de cana-de-açúcar.

O processo de aproximação das empresas teve início em março de 2017, quando a Spray Farm assinou uma parceria na representação da linha Longevus da Fertiláqua, uma tecnologia desenvolvida especificamente para atuar no processo de revitalização do solo para a cultura de cana-de-açúcar.

A revolucionária tecnologia embarcada na linha Longevus está demonstrando na prática, por meio de ganhos expressivos em produtividade, a importância de promover uma revitalização da microbiologia do solo, onde a cultura de cana tem sido intensivamente explorada como monocultura por muitos anos seguidos.  A consistência de resultados positivos nas mais de 280 áreas tratadas em 2017 assegurou a necessidade de estruturar um time exclusivo para desenvolver esta e outras tecnologias inovadoras que estão a caminho para a cultura de cana de açúcar.

“Com o acordo, foi possível acessar de forma abrangente o setor sucroalcooleiro, por meio de um conhecimento adquirido em mais de 15 anos de trabalho da Spray Farm, exclusivo para este setor. Dessa forma, a Fertiláqua passa a contar com um conceituado e reconhecido grupo de especialistas para a cultura de cana-de-açúcar. Além disso, iremos oferecer mais tecnologias e investimentos em unidade fabril na linha dos produtos Tensor Plus e Tensor Max da Spray Farm, que permitirá um avanço maior no mercado”, explica José Ovídio Bessa, presidente do Grupo Fertiláqua.

“A fusão representa um grande ganho para o setor sucroalcooleiro. A vantagem é a junção da experiência de anos em cana-de-açúcar com um know-how em investimentos e marketing, proporcionando maior acesso ao mercado. O resultado será o aumento de portfólio das empresas e a possibilidade de desenvolvimento de novas tecnologias e serviços”, destaca Marcelo Cambraia, gerente comercial da Spray Farm.

A linha Longevus possui duas soluções, Longevus Soca e Longevus Planta, que contribuem diretamente na melhoria dos aspectos físicos, químicos e biológicos do solo, além de interferências positivas no desenvolvimento e metabolismo das plantas, refletindo em solos mais equilibrados e maiores produtividades.

O portfólio da Spray Farm inclui condicionadores de calda da marca Tensor, soluções que controlam as variáveis que podem comprometer as aplicações de pulverizações de insumos agrícolas refletindo em maior eficiência operacional e eficácia dos tratamentos adotados, além de contribuir no controle de deriva indesejada das pulverizações e, também, para a segurança do homem e do meio ambiente.

Após a conclusão das transações, a nova organização terá sua sede administrativa em Indaiatuba/SP, atual localização da matriz do Grupo Fertiláqua, resultado da fusão entre as empresas Aminoagro, Dimicron, Maximus e Spray Farm.

Sobre o Grupo Fertiláqua

Um dos maiores grupos de nutrição, fisiologia de plantas e revitalização de solo, a empresa Fertiláqua atua por meio das marcas Aminoagro, Dimicron e Maximus, a linha Longevus no segmento de cana-de-açúcar, e a linha Golden Seeds para sementeiras e produtores de sementes. A companhia pertence ao fundo de investimento Aqua Capital. Com mais de 300 colaboradores e presença em todo o Brasil, e em outros países da América Latina, a empresa investe em pesquisa, tecnologia e inovação. A Fertiláqua conta com a sede administrativa em Indaiatuba/SP, fábricas em Cidade Ocidental/GO e Cruz Alta/RS, um centro de distribuição em Cuiabá/MT, dois Laboratórios de Análise de Sementes (LAS) e dois Centros de Inovação Tecnológica (CIT). O grupo disponibiliza uma iniciativa pioneira, o Programa Construindo Plantas (PCP), com ações específicas em cada fase das culturas, do plantio à colheita, para potencializar o desenvolvimento de plantas mais eficientes, e um solo com melhores qualidades físicas, químicas e biológicas, buscando com isso sistemas com maiores potenciais produtivos e consequentemente rentabilidade. Com o objetivo de reconhecer a qualidade das sementes de soja no mercado brasileiro, foi criado pelo grupo o selo Sementes de Verdade. Mais informações no website: www.fertilaqua.com.

 

Informações para Imprensa:

Alfapress Comunicações

Camila Lopes (19) 2136 – 3516 / (19) 99782-7491

camila.lopes@alfapress.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *