Eventos do Agronegócio

FiberMax® – BASF apresenta algodão com tecnologia inédita

Congresso Brasileiro do Algodão
Fotos Adrielle Teodoro

A BASF apresentou a primeira tecnologia do mercado brasileiro em sementes de algodão com dupla tolerância a herbicidas e tripla resistência a lagartas. A novidade é resultado da associação das tecnologias GlyTol LibertyLink (GL) e TwinLink Plus (TP). A primeira variedade sob a marca FiberMax® com tecnologia GLTP já está disponível comercialmente desde 2018.

O lançamento foi realizado na noite de 30 de maio, na sede da Associação Mineira dos Produtores de Algodão (AMIPA), em Uberlândia (MG). Participaram do evento produtores de algodão, gestores de fazendas, influenciadores e lideranças do setor. O Brasil é o segundo país a utilizar a tecnologia GLTP, que foi lançada no mercado dos Estados Unidos em 2016.

Além de facilitar o manejo de pragas e plantas daninhas, a variedade GLTP também oferece alta produtividade e qualidade de fibra.

Como surgiu?

“Essa nova tecnologia é fruto de 15 anos de pesquisa, tempo em que fomos apurando a genética e o germoplasma, dos quais três foram inseridos na semente, testados e aprovados. Hoje temos o orgulho de dizer que temos o melhor material de todo o mercado”, explica Reginaldo Roberto Luders, responsável pelo programa de melhoramento FiberMax®.

Custo x benefício

O especialista também falou sobre a redução de gastos que o produtor pode ter ao utilizar a inovadora tecnologia GLTP – “ela agrega resistência ao grupo de determinadas lagartas, o que já foi comprovado tanto em ensaios quanto em áreas comerciais, especialmente à Spodoptera frugiperda, com excelente custo-benefício no campo”, garante.

A nova variedade de semente de algodão, FM 985 GLTP, se adapta a diversas regiões, possibilitando o plantio em solos com diferentes níveis de fertilidade, com alto teto produtivo.

AMIPA

“Para a AMIPA, é um prazer ceder o espaço para a BASF fazer seu lançamento, até porque é de interesse de todos os cotonicultores que essa tecnologia esteja disponível para as lavouras. A FiberMax® é uma necessidade para o produtor, com redução de custo, aumento de produtividade e alta qualidade de fibra. Por isso, ficamos muito satisfeitos por eles terem escolhido a sede da AMIPA para fazer esse lançamento”, diz o presidente da AMIPA, Daniel Bruxel.

Ainda segundo ele, a nova tecnologia apresentada pode mudar o cenário da produção de algodão no Brasil. Além de ser única, pode proporcionar vários benéficos em uma só semente, o que vai ajudar significativamente o produtor. “Esperamos que essa seja a primeira de várias tecnologias que a BASF vai trazer para nós”.

Liderança de mercado

FiberMax® é a marca líder no mercado de sementes de algodão do Brasil. A BASF tem um portfólio robusto para a cultura, com produtos diferenciados que atendem às necessidades do agricultor e garantem a longevidade do seu negócio. 

O portfólio conta com sementes que oferecem uma alta qualidade de fibra reconhecida globalmente pelas empresas têxteis, produtos e serviços para a proteção de cultivos, além de oferecer soluções inovadoras de reguladores de crescimento e desfolhantes.

Etiquetas
Mostrar mais