Artigos técnicosGrãos

Cálcio e enxofre são fundamentais para uma boa fertilidade

I OFICINA DE PROCESSAMENTO DE DADOS PARA AGRICULTURA DE PRECISÃO

Autor

Thales Barcelos Resende
Engenheiro agrônomo e doutorando em Agronomia/Fitotecnia – Universidade Federal de Lavras (UFLA)
thales_br@outlook.com

Crédito: Antônio Nolla

A principal responsável pela deficiência de alguns nutrientes no solo é, em geral, o tipo de formação (gênese) do solo. O Brasil possui um amplo território, sendo possível encontrar em suas terras os mais diferentes tipos de solos, dos mais férteis até os mais inférteis possíveis.

A deficiência de alguns nutrientes importantes para as plantas, assim como cálcio (Ca) e enxofre (S), se dá, na maioria dos casos, pela matéria de origem do solo, sendo argilas não reativas ou até mesmo areia, que possuem uma fertilidade baixa em relação aos demais materiais de origem. Neste caso, grande parte dos solos brasileiros são formados predominantemente por estes dois materiais.

Lei do mínimo

A fertilidade do solo se baseia em algumas leis como, por exemplo, a lei do mínimo, em que o elemento em menor disponibilidade no solo será o limitante para a produção, independente de qual seja. Sendo assim, deve-se levar em consideração o equilíbrio entre os elementos no solo para que não ocorram problemas com a produção.

O Ca e S geralmente são nutrientes que não possuem uma disponibilidade natural alta no solo, por isso, a adubação com estes elementos torna-se quase que indispensável para o equilíbrio no solo.

O Ca é um elemento essencial para a planta, sendo ele responsável pela estrutura da planta e formador da parede celular. Sua falta pode ser identificada pela análise de solo, foliar ou até mesmo pela diagnose visual, sendo confirmada com uma das duas análises anteriores.

O Ca compete com outros cátions pela sua absorção, como é o caso do N+, K+ , Mg2+, NH4+, Fe2+ e Al3+, e por esse motivo em solos não corrigidos e com alta disponibilidade de Al3+ ou em adubações do sistema com alta intensidade de amônio a absorção de cálcio é dificultada, podendo se tornar visível sua falta para a plantas. Em se tratando de um nutriente pouco móvel na planta, a deficiência de cálcio é identificada em folhas novas.

Suprimento

O suprimento de cálcio para as plantas é uma atividade relativamente barata, dependendo da fonte que o produtor utiliza. Por meio da análise de solo é possível calcular a quantidade de calcário a ser aplicada. Este fertilizante é o principal fornecedor de Ca, pois é um excelente corretor de pH, neutralizador de Al+3 do solo e fornecedor de Ca para o solo. Com isso, a disponibilidade deste nutriente é favorecida.

Devido à baixa mobilidade do Ca nas plantas, algumas frutíferas necessitam de um olhar mais crítico do produtor, exigindo, algumas vezes, o complemento via folha ou fruto, realizando pulverizações para suprir a necessidade deste nutriente.

O S, assim com o Ca, são elementos essenciais para a sobrevivência da planta devido à sua atividade em várias partes, sendo responsável pela formação da clorofila, ativador de enzimas, auxilia na formação de sementes e em algumas plantas está presente nos compostos que conferem aroma característico.

Opções

Este é um conteúdo restrito para assinantes.
Se você é um usuário registrado, por favor, entre no site.

Login de Usuários
   
Etiquetas
Mostrar mais