Fórum Brasileiro de Biodefensivos debate as perspectivas e os desafios do mercado dos biológicos na agricultura brasileira

Evento está programado para os dias 29 e 30 de agosto, em São Paulo, e reunirá os maiores especialistas num dos mercados que mais cresce dentro do agronegócio

 

LOGO_CAPACom o objetivo de reunir toda a cadeia produtiva de defensivos biológicos para debater cenários, mercado, tendências, diretrizes e desafios para o fortalecimento do segmento, será promovido, em São Paulo, nos dias 29 e 30 de agosto, o Fórum Brasileiro de Biodefensivos. Fruto de uma parceria entre a ABC Bio – Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico e a Informa Agro, o evento reunirá os principais integrantes da atividade produtiva de biodefensivos, incluindo, além das empresas, representantes de órgãos reguladores e fiscalizadores, agentes governamentais, pesquisadores, técnicos, produtores agrícolas e distribuidores de insumos. No encontro também serão apresentados cases de sucesso na aplicação de biodefensivos.

Logo após a solenidade de abertura, que será feita pelo presidente da ABC Bio, Gustavo Herrmann e cujo tema será Construindo uma Agenda Propositiva e os Mecanismos para o Fortalecimento dos Biodefensivos no Brasil, será promovido o painel sobre O Registro de Biodefensivos no Brasil. Devem participar desse painel representantes da Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis e Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Serão discutidos tópicos relativos a Otimização dos Processos nos Órgãos Regulatórios, Como Garantir a Qualidade dos Biodefensivos Após o Registro e As Biofábricas em Fazendas e os Riscos para a Saúde, Segurança e Meio Ambiente. Caberá a um representante da Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária a moderação dos debates.

Em seguida, haverá o painel sobre Linhas de Financiamento para Produção de Biodefensivos, que contará com a participação de representantes do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômicos e Social, e da Finep, órgão de estimulo a pesquisa e inovação vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia. Em todos os intervalos, os participantes poderão conhecer soluções inovadoras de biodefensivos num espaço de exposição que será montado junto do auditório.

Está sendo programada, na parte da tarde do primeiro dia, mesas temáticas que, simultaneamente, debaterão temas como Registro na Prática, para se conhecer em detalhes normas e procedimentos para registro de produtos; Distribuição de Biodefensivos, na qual serão discutidos aspectos sobre revenda de biodefensivos; e uma mesa voltada para Tecnologia de Produção, onde se debaterá desafios da pesquisa. Haverá ainda uma mesa destinada ao compartilhamento de experiências entre produtores agrícolas que utilizam o controle biológico. Os participantes do Fórum poderão escolher a mesa que mais lhe interessar.

Ao final do primeiro dia ainda haverá um painel específico com duas palestras sobre Formulação de Biodefensivos, no qual serão analisados os desafios no desenvolvimento de soluções efetivas e economicamente viáveis. Na sequência, será programada uma série de quatro depoimentos de empresas ainda em fase de definição.

Na abertura do segundo dia, será proferida uma palestra sobre Futuro, Tecnologia e Sustentabilidade, cujo objetivo é discutir como será a dinâmica e a integração entre as tecnologias nos próximos anos e de que forma elas contribuirão para a sustentabilidade no Brasil e no mundo. Serão promovidas ainda duas outras palestras sobre Inovações em Tecnologia de Aplicação de Biodefensivos, cujos palestrantes ainda estão sendo definidos.

Os promotores do evento programaram também um painel que tratará da análise entre os Defensivos Biológicos e os Químicos, cujo conteúdo abordará o papel complementar do biológico em relação ao defensivo químico, uma vez que as pragas se tornam mais resistentes e migram entre culturas. Nessa parte também será debatido o Manejo Integrado de Pragas e a interação entre químicos e biológicos para minimizar os riscos de resistência e reduzir a densidade populacional de pragas.

Outro painel que deverá despertar grande interesse dos participantes é o que abordará Casos de Sucesso de Aplicação de Biodefensivos que contará com depoimentos de sobre a eficácia dos biodefensivos na redução de doenças e aumento da produtividade na produção de: cana-de-açúcar, hortifrúti, cereais e café. Na parte da tarde do segundo dia, o tema será o de como quebrar o paradigma e conscientizar os produtores sobre a eficácia dos biodefensivos. Também será tratado da importância da assistência técnica como forma de garantir o manejo correto e os resultados esperados pelos produtores agrícolas.

Por fim, o encontro será finalizado com uma sequência de quatro palestras que tratará de diferentes aspectos relacionados com o Mercado Consumidor Doméstico e Internacional. Será analisado sobretudo os efeitos do crescimento aumento da exigência dos consumidores por produtos mais sustentáveis e saudáveis e de como isso pressiona desde o varejo até os produtores a entregarem estes produtos, o que implica diretamente na seleção dos insumos agrícolas. Além desses pontos, também serão discutidos O Mercado de Orgânicos no Brasil e as Tendências de Consumo no Brasil e no Mundo.

O Fórum Brasileiro de Biodefensivos conta com o apoio das seguintes entidades: Agrishow, EsalqTec – Incubadora Tecnológica, IEG/FNP – Agribusiness Intelligence – Informa, Andef, Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação, Sociedade Entomológica do Brasil, Sociedade Nacional de Agricultura e SRB – Sociedade Rural Brasileira.

 

Serviço:

Fórum Brasileiro de Biodefensivos

Data: 29 e 30 de agosto de 2017

Horário: das 8h30 às 18hs

Local: Hotel Pullman São Paulo – Rua Olimpíadas, 205 – Vila Olímpia – São Paulo

Sobre a ABC Bio:

A Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico (ABC Bio) foi fundada em 2007 com o objetivo de congregar as empresas do setor, reunindo fabricantes e comerciantes de produtos biológicos, buscando o fortalecimento e a representatividade do setor em todas as instâncias relacionados com a atividade. Reunindo atualmente 24 empresas, a entidade busca o contínuo aprimoramento organizacional, assim como a modernização e a profissionalização da atividade, com participação ativa na construção dos marcos regulatórios. Todas as ações da entidade são avalizadas por respeitáveis profissionais do mundo acadêmico e seu Comitê Técnico Científico atua nas áreas de parasitoides e predadores, fungos para controle de doenças, bactérias e nematoides entomopatogênicos, entre outros, e conta com a participação de profissionais de notório saber. Com todas essas precauções, a associação contribui significativamente para a consolidação de um novo conceito de controle de pragas na agricultura brasileira.

 

Assessoria de Imprensa:

Mecânica de Comunicação Ltda.
Tels.: (11) 3259-6688/1719 – Fax: (11) 3256-4312
meccanica@meccanica.com.br

Agenda_Fórum Brasileiro de Biodefensivos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *