Evolução é marca constante da Tecnoshow Comigo

 

Números apontam crescimento constante em número de visitantes, expositores, atividades e no montante de negócios realizados durante a maior feira de tecnologia rural do Centro-Oeste

Crédito Divulgação

Crédito Divulgação

A Tecnoshow Comigo, a ser realizada de 09 a 13 de abril em Rio Verde (GO), tem experimentado uma curva ascendente em relação aos resultados obtidos nos últimos anos. Tanto em nível de comercialização quanto de expositores e visitantes, a maior feira de tecnologia rural do Centro-Oeste brasileiro tem batido recordes ano após ano e a expectativa é de que os números cresçam ainda mais para 2018.

Iniciada em 2002, como um dia de campo, a feira de tecnologia rural registrou R$ 500 mil em comercialização. Já no ano seguinte, 2003, contou com a participação de 100 expositores e um público de 16.500 visitantes.

De lá para cá, o crescimento foi constante. Tanto que no último ano, em 2017, os 102 mil visitantes que compareceram ao Centro Tecnológico Comigo (CTC) puderam acompanhar novidades de 550 expositores de todo o Brasil e até de outros países. O resultado foi que a comercialização registrada alcançou o montante de R$ 1,7 bilhão em negócios, durante o período.

Além disso, a própria programação tem evoluído, acompanhando as demandas dos visitantes e expositores. As palestras realizadas durante a feira, por exemplo, saltaram de 32 registros, em 2004, para cerca de 100, em 2017. “A cada ano vamos incrementando essa programação, adaptando ao desejo dos participantes da feira e buscando sempre trazer o mais atual e necessário ao conhecimento do produtor rural”, avalia o presidente da Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo), Antonio Chavaglia.

Ele explica, também, que os expositores apresentam novidades cada vez mais avançadas. “A evolução da Tecnoshowacompanha o produtor rural. O campo sempre saiu na frente quanto à inovação, à ciência e à tecnologia. É por isso que o volume de negócios e de visitantes cresce exponencialmente. O produtor sempre saiu na frente e investe no futuro”, salienta.

 

É esperado um número superior a 110 mil visitantes - Crédito Divulgação

É esperado um número superior a 110 mil visitantes – Crédito Divulgação

O que esperar

Durante os cinco dias da feira, os expositores apresentarão tecnologias e novidades em máquinas, veículos e equipamentos agropecuários, insumos e resultados de pesquisas, além de demonstrações e lançamentos de novas variedades de cultivares.

As principais instituições financeiras do País também estão confirmadas e disponibilizarão linhas de crédito e financiamento voltadas ao produtor rural, facilitando negociações e movimentando ainda mais toda a cadeia.

Expectativas e números para 2018

Ü 540 expositores

Ü R$ 17 bilhões em negócios

Ü 110 mil visitantes

Ü 60 hectares na feira

 

Essa matéria você encontra na edição de abril 2018 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *