AgroBrasília – Tecnologia digital a favor do campo

Crédito Laiana Dias

Crédito Laiana Dias

A AgroBrasília – Feira Internacional dos Cerrados, terá sua 11ª edição realizada entre os dias 15 e 19 de maio em Brasília (DF). Idealizada pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF) esta é uma vitrine das tecnologias para o agronegócio e está engajada com o maior desafio da atualidade para os homens do campo: a busca por sustentabilidade.

A feira apresenta as práticas mais eficazes para a produção de alimentos, aliada à conservação dos recursos naturais; dá visibilidade aos programas governamentais de responsabilidade ambiental e incentiva a implantação dessas práticas pelos agricultores da região. Além disso, trabalha em união com a comunidade e utiliza práticas limpas que garantem o sucesso do evento.

Algumas das ações a serem apresentadas na AgroBrasíliafazem parte do programa ABC – Agricultura de Baixo Carbono -, que visa principalmente diminuir a emissão de CO2 para a atmosfera.

É no PAD-DF, por exemplo, que está instalada a maior área demonstrativa de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF) dentro de um parque tecnológico no Brasil. O espaço, de 50 mil m², é destaque na feira, com o plantio de várias espécies para reflorestamento. Agregado a ele, mais 10 mil m² demonstram a integração lavoura-pecuária, além de lavouras com plantio direto.

A AgroBrasília vai acontecer de15 e 19 de maio - Crédito Divulgação

A AgroBrasília vai acontecer de 15 e 19 de maio – Crédito Divulgação

Vista por dentro

A AgroBrasília é uma feira de tecnologias e negócios voltada a empreendedores rurais de diversos portes. Os visitantes encontram o que há de mais novo em máquinas, implementos agrícolas, insumos, pesquisas, biotecnologia, genética animal e vegetal, entre outros.

Há, ainda, um espaço dedicado à agricultura familiar, onde são apresentadas tecnologias específicas para o setor. AAgroBrasília mantém também uma área permanente para o sistema de Integração Lavoura-Pecuária- Floresta (ILPF).

O Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, onde a AgroBrasília está instalada, possui uma área de 500 mil m² e fica localizado às margens do km 05 da BR 251, sentido Brasília – Unaí – MG.

Aquecimento global

As tecnologias propostas durante o evento visam ajudar o produtor a aproveitar melhor a propriedade, a otimizar o uso do solo e produzir mais gastando menos. “A ILPF é essencial para a redução de gases causadores do aquecimento global. Permite conciliar a criação de animais, a produção agrícola e de agroenergia e a preservação da mata nativa, aumentando a produtividade e a renda sem abrir novas áreas para cultivo”, destaca Marconi Borges, gerente da Emater-DF.

A preocupação da AgroBrasília, porém, vai além das técnicas apresentadas aos agricultores. A organização preza pela sustentabilidade do próprio evento. O uso da água no Parque é racional; vem de reservatórios para irrigação revestidos de lona e terra sobreposta para evitar infiltração e desperdício. O lixo gerado na feira é coletado e separado por uma cooperativa de catadores de resíduos sólidos de Brasília, a CentCoop.

 

Troca de experiências

A feira vem sendo palco de importantes debates sobre os mais importantes temas ligados ao agronegócio. É um espaço para trocas de experiências e conhecimento, e se caracteriza ainda como a melhor oportunidade do ano para a realização de negócios.

O sucesso da feira se consolida a cada nova edição, com aumento significativo nos números de visitantes, negócios realizados e participação de expositores.

IMG_9799

Empregos

A organização trabalha também para movimentar a economia da região, priorizando a contratação de pessoas da comunidade para os serviços terceirizados. A AgroBrasíliadisponibiliza espaço gratuito para agricultores familiares comercializarem produtos oriundos de suas propriedades, inclusive processados ou industrializados.

Existe, ainda, programação educativa infantil com escolas rurais da região em parceria com a Emater-DF. “”Essas ações garantem a geração de empregos diretos e indiretos para a comunidade, causando um efeito multiplicador de geração de renda local. O maior beneficiado, contudo, é o produtor rural, que adquire não somente tecnologia para sua propriedade com preços acessíveis, mas também o conhecimento para o melhor manuseio, otimizando seu trabalho e renda, produzindo com sustentabilidade”, ressalta Ronaldo Triacca, coordenador-geral da AgroBrasília.

Histórico

A AgroBrasília surgiu do sonho dos agricultores de uma das regiões produtivas mais tecnificadas do Brasil. Implantado em 1977, o PAD-DF (Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal) foi integrado, principalmente, por produtores do Sul do País, que transformaram o lugar num recordista de produtividade agrícola.

Contudo, o acesso aos avanços tecnológicos disponíveis no mercado ainda era difícil, mesmo após décadas de fundação da Coopa-DF. Assim, em 2007 a prioridade dadiretoria da cooperativa era facilitar a vida dos associados e de todos os agricultores de uma macrorregião, dando-lhes condições de instrumentalizar-se com as maisadequadas tecnologias para viabilizar a produção, reunindo num único local empresas dos diferentes ramos do agronegócio.

No ano em que a Coopa-DF completou 30 anos, foi posta em prática a ideia promissora e ambiciosa de realizar uma feira de agronegócio que demonstrasse todo odesempenho e sucesso da região. Nesse contexto surgiu a AgroBrasília.

Realizada desde 2008, a feira apresenta resultados e números surpreendentes a cada nova edição.A AgroBrasília é hoje a feira de agronegócio que mais cresce no Brasil e também o maior evento de tecnologia e negócios do Planalto Central.

Essa matéria você encontra na edição de maio de 2018 da Revista Campo & Negócios Grãos. Adquira o seu exemplar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *